Atenção às Políticas e Regras de Acesso ao Dōjō

Dōjō é um local que visa buscar conhecimento e nos levar cada vez mais ao nosso limite, seja mental, físico e emocional.

Somos um grupo fechado com o intuito de estudar e disseminar o conhecimento das artes marciais tradicionais japonesas da Bujinkan Honbu Dōjō, não visando competições, mas o desenvolvimento humano através das nove tradições que integram a Bujinkan Dōjō.

O local de estudo é reservado e extremamente familiar, seguindo regras de segurança, comportamento e etiqueta. Não é uma academia ou centro comercial, onde, geralmente, o cliente não tem a preocupação de horários, por exemplo.

Um dōjō significa um local de iluminação. Esta “iluminação” pode ser entendida de várias maneiras, tanto no estudo das artes marciais, como também no aspecto familiar, profissional, interpessoal, etc.

E na BJKDB, a prática das artes marciais deve ser um caminho que leva o praticante à lapidação do ser humano como ser humano, colocando-o fora da zona de conforto sempre que necessário.

Não visamos a troca de golpes, competitividade, busca por méritos, formar atletas ou qualquer coisa nesse sentido. Pois acreditamos que tudo isso poderá contribuir para o inflar de nosso ego, o que não é a nossa intenção, além de desvirtuar o verdadeiro sentido do caminho das artes marciais guerreiras, que é a busca pela paz.

Por esse e outros motivos, é que a BJKDB não recebe qualquer pessoa. Não visamos quantidade, mas a qualidade e pessoas que tenham um coração sincero. Os alunos da BJKDB não são clientes como visto em academias, são antes de tudo, pessoas que buscam realmente serem bons cidadãos, bons cônjuges, bons filhos, bons pais, terem bons relacionamentos, serem bons profissionais e bons praticantes de Budō (caminho da guerra/combate).

Na BJKDB, deve existir uma relação de confiança, compromisso e, acima de tudo, respeito mútuo entre alunos e mestre – e vice-versa – e entre alunos (companheiros de treino).

Além disso, em um dōjō existem regras específicas e etiquetas a serem praticadas, tanto dentro como fora do dōjō. Para ser aluno, é necessário que a pessoa aceite cumprir essas regras e etiquetas (internas e externas), pois a quebra de algumas dessas condições poderá ocasionar o afastamento do aluno.

Em relação aos valores de planos, o valor pago nas aulas não pode ser visto como uma forma de troca (compra e venda de técnicas), mas de agradecimento e compromisso com o desenvolvimento do local e de todos, pois todos utilizam o mesmo local para evoluírem juntos.

Para participar, o interessado – apenas sob estas condições – poderá comparecer ao local seguindo os seguintes passos:

  • Na política de nosso dōjō não existem aulas experimentais. São critérios que tomamos e que tratam sobre privacidade e exclusividade de acesso ao local e aos ensinamentos, além de ser um local reservado e familiar (área residencial);
  • Marcação prévia através de contato antecipado por WhatsApp (via mensagem) para uma conversa inicial com Sensei Alexandre Carvalho, Shihan Bujinkan Dōjō;
  • Caso seja aceito no dōjō, o interessado poderá realizar sua inscrição como aluno da BJKDB. Por tanto, a orientação é que a pessoa tenha um contato prévio com o instrutor antes mesmo de clicar e/ou escolher seu plano de acesso;
  • Para fazer sua inscrição o valor a ser pago é de R$ 300,00 (realizado 24h antes de sua primeira aula);
  • Os demais pagamentos relacionados as mensalidades seguirão por meio de assinatura mensal (pagamento recorrente) através de um dos planos apresentados;
  • O acesso ao local é através da confirmação dessa inscrição com pagamento antecipado via PIX e realizado até 24h antes de sua primeira aula;
  • Após seu primeiro pagamento, envie seu comprovante PIX, nome completo, CPF e e-mail para conferência darmos início ao cadastro;
  • Após esse processo, pedimos que o inscrito esteja presente no local com pelo menos 10 minutos de antecedência, trajando ou levando roupas adequadas para sua aula. Se não tiver uniforme adequado, o inscrito poderá trajar roupas que sejam folgadas, leves e relativamente resistentes, tais como: calça estilo moletom, bermuda de tecido brim ou tactel, camiseta de algodão com mangas curtas (nunca estilo regata);
  • Recomenda-se também trazer toalha de rosto para evitar o excesso de suor.

Realizado esses passos, teremos a certeza de seu início e poderemos aguardá-lo no dia e horário marcado com imenso prazer.